domingo, 6 de abril de 2008

A escola de música



















2 comentários:

H-K disse...

spot mto fixe...

Renato disse...

Fiquei bem impressionado pela forma como entendem o parkour...
gostaria mesmo de marcar essa entrevista.
E talvez trocar umas impressões acerca do trabalho.

Creio que seja a primeira abordagem
"cientifica" que se faz acerca do parkour na Faculdade de Motricidade Humana.
Como tal, não existe bibliografia.
O Parkour é um mundo muito interessante para quem se interessa pelas manifestações do corpo.
A forma como pode pode permitir educar em contextos diferentes, em espaços onde não existe investimento em espaços desportivos.
A forma como se atreve a prolongar a infância, na continua busca criativamente redescobrir o espaço.

Interesso-me por saber quais são as razões que vos levam a pratica-lo.
O que significa para vocês um banco do jardim ou um corrimão

Interessa me também a filosofia que está por trás dessa prática um desenvolvimento meramente físico ou intimamente relacionado com a vossa maneira de estar e de interpretar os desafios da vida...

Estes são alguns tópicos que me propus a desenvolver.

Como podem verificar está muito relacionado com uma perspectiva filosófica.

Espero sinceramente ter hipótese de partilhar convosco o desenvolvimento deste trabalho.
Parece-me que têm um testemunho muito importante a transmitir.

desde já obrigado.
Espero que nos encontremos em breve,